11h30

“É URGENTE QUE SE FECHE AS FRONTEIRAS DO BRASIL COM VENEZUELA E GUIANA”

Compartilhe
Tamanho da Fonte

A Associação Médica Brasileira encaminhou neste domingo, 15/03, ofício ao Presidente da República Jair Messias Bolsonaro com solicitação para o fechamento das fronteiras do Brasil com a Venezuela e com a Guiana.

“É urgente que se feche as fronteiras do Brasil com Venezuela e Guiana. Nossa colega presidente da federada da AMB no estado nos traz relatos de falta equipamentos mínimos de proteção individual, inclusive máscaras, com a intensificação dos atendimentos na região, após o primeiro caso confirmado”, fala Lincoln Ferreira presidente da AMB.

A solicitação ocorreu após ter recebido relatos da presidente da AMB Roraima, Nympha Carmen Akel Thomáz Salomão, sobre a situação no estado, com a migração de venezuelanos, que pelas frágeis condições sanitárias e de saúde daquele país tem atravessado a fronteira para buscar atendimento médico e uma nova oportunidade para suas vidas. Pacaraima recebe, em média, entre 500 e 700 venezuelanos por dia, aumentando o risco de circulação do vírus do estado de Roraima, além de sobrecarregar ainda mais os equipamentos de saúde estaduais e da capital, que com a intensificação nos atendimentos, após o primeiro caso relatado, já faz com que faltem os equipamentos mínimos de proteção individual, inclusive máscaras.

As rotas utilizadas pelos venezuelanos incluem a fronteira com o Brasil e também com a Guiana.

Mais Informações:

Timbro Comunicação – (11) 3253-4542 | imprensa@timbro.com.br

Rodrigo Aguiar – (11) 98315-5014 | aguiar@timbro.com.br

Arthur dos Reis Ianhez - (11) 97375-2413 | arthur.ianhez@timbro.com.br

Celina Lopes – (51) 99138-5035 | celina@timbro.com.br

Lorraine Souza - (31) 98455-8458 | lorraine@timbro.com.br

 

 

Rua Baependi, Nº 162
Ondina, Salvador - Bahia
CEP: 40170-070
Tel.: 71 2107-9666
2019 - 2020. Associação Bahiana de Medicina. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital