11h06

Jornada de Otorrinolaringologia discute os impactos da COVID-19 na especialidade e no ensino médico

Especialistas da ORL de vários estados do país se reúnem em Salvador para primeiro encontro presencial na cidade, desde o início da pandemia

Compartilhe
Tamanho da Fonte

A V Jornada de Imersão da Otorrinolaringologia da Bahia acontecerá na capital baiana nos dias 01 e 02/04, no centro de convenções do Fiesta Bahia Hotel. O evento que reúne profissionais de vários estados brasileiros traz como um dos temas de sua ampla programação os impactos da pandemia na especialidade, como explica o médico otorrinolaringologista e coordenador do encontro, Dr. Pablo Marambaia. “Dentre os vários assuntos, falaremos sobre as repercussões da COVID-19 na atividade médica e no ensino médico durante os últimos dois anos. A pandemia alterou a vida de todos nós, principalmente a dos médicos que enfrentaram a doença de frente para atender a população. Dentre as especialidades médicas, a Otorrinolaringologia merece algum destaque, visto que atua na via aérea superior, área justamente da disseminação da COVID-19. Isso fez com o que muitos otorrinos fossem contaminados e nossa atividade tenha sido afetada”, explica o especialista.

A pandemia provocou reestruturações profundas nos sistemas de cuidados de saúde em todo o mundo. As instituições de saúde concentraram os seus recursos na abordagem da COVID-19 e houve restrição de atividades em outras áreas. A Otorrinolaringologia representa uma das muitas especialidades cuja atividade clínica e cirúrgica sofreu alterações, em virtude das medidas impostas. 

As cirurgias eletivas, por exemplo, precisaram ser suspensas em diversos momentos, impactando não somente em atraso no tratamento dos pacientes, mas também, no ensino dos médicos em especialização, ressalta Dr. Pablo Marambaia. “Uma questão que será abordada e que é, ao nosso ver, fundamental é a mudança que foi ocasionada no ensino médico com a parada de algumas atividades presenciais e a suspensão de cirurgias. A atividade médica naturalmente tem a premissa do estudo constante e, como ciência, também de atualização. Com a pandemia e as reuniões virtuais muito disso foi mantido, porém sem o calor humano e presença física que é muito importante”.

A 5ª edição da jornada, adiada em 2020 devidos às restrições sanitárias, é uma oportunidade de trocas de experiências, e vivências clínicas e cirúrgicas. “É uma alegria enorme e um sentimento muito especial de vitória também realizar a jornada presencial. Depois de quase dois anos de incertezas, e de medo também, com o trabalho médico na linha de frente e toda a tragédia que foi a COVID-19, poder fazer um evento presencial é motivo de muita satisfação. Trouxemos nessa jornada cerca de dez especialistas renomados do nosso país que, sem dúvida, vão ajudar a movimentar a nossa especialidade e fazer a Otorrinolaringologia baiana evoluir ainda mais”, comemora o diretor técnico do INOOA, instituição responsável pela realização da jornada.

Incremento científico

Durante a V Jornada de Imersão da Otorrinolaringologia, na sexta-feira, ao meio dia, será lançada a nova edição do livro Atlas de Otorrinolaringologia de autoria dos fundadores do INOOA, Dr. Otávio Marambaia e Dr. Amaury Gomes, e do diretor técnico Dr. Pablo Marambaia. Essa é a terceira publicação da instituição que também é um centro formador oferecendo Estágio de Especialização em Otorrinolaringologia, reconhecido pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico Facial – ABORL-CC. “A primeira edição do Atlas de Otorrinolaringologia foi lançada em 2010, esta obra foi uma das primeiras do país na especialidade. Muitos anos se passaram e o mundo mudou de forma vertiginosa. O avanço tecnológico na vida cotidiana, a revolução das comunicações, das imagens e das relações tem produzido um cenário ao qual temos que nos adaptar. E esse livro traz vivências clínicas e estudos da nossa equipe de otorrinolaringologistas, médicos residentes das mais diversas gerações, anestesiologistas, neurologistas, fonoaudiólogos, cirurgiões dentistas e funcionários. Todos merecem o nosso reconhecimento e agradecimento”, declara Dr. Otávio Marambaia.

A publicação traz nas 300 páginas registros do corpo clínico com casos reais de pacientes do INOOA com imagens, diagramação e programão visual de autoria do instituto. Os exemplares podem ser adquiridos durante a jornada ou na sede do INOOA da Av. ACM, informações pelo 71 3270-8011, www.inooa.com.br.

 

 ABM
Rua Baependi, 162
Ondina, Salvador - Bahia
CEP: 40170-070
Tel.: 71 2107-9666
2019 - 2022. Associação Bahiana de Medicina. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital