12h55

Vice-presidente da ABM participa de Roda de Conversa “Saúde Pós Covid-19” com o historiador Leandro Karnal

Compartilhe
Tamanho da Fonte

O vice-presidente da Associação Bahiana de Medicina (ABM) e Conselheiro do Conselho de Administração da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBD), Dr. Nivaldo Filgueiras, participou, na segunda-feira (20.06), da Roda de Conversa “Saúde Pós Covid-19” com o historiador Leandro Karnal. O evento aconteceu na Fundação Casa de Jorge Amado, no Pelourinho. 

 

Na ocasião, Dr. Nivaldo destacou a importância de se investir na prevenção de doenças e apontou a educação como o grande mote para alcançá-la. 

“Acho que o grande segredo em relação à prevenção é começar cedo. Então, como professor, acredito que a educação é o grande mote. Se estivermos dentro da escola, do ensino básico, mostrando aos alunos a importância de se alimentar adequadamente, de praticar atividade física, mudar hábitos, talvez esse aluno possa, também, contaminar de forma positiva a sua família", pontuou.  

 

Para ele, é importante definir condutas que estejam de acordo com a realidade sócio-econômica da família. "Não adianta tentar dietas que não são viáveis, então deve-se utilizar alimentos simples, que realmente transformem a realidade daquela casa. Por que recomendar que eles consumam tantas gramas de proteínas, sabendo o preço em que estão certos alimentos? ”, ponderou. 

 

O vice-presidente da ABM citou também um programa desenvolvido pela SBC, o “SBC vai à escola”, como exemplo a ser seguido para gerar a discussão sobre temas relativos à saúde nos espaços escolares. 

 

Outro aspecto discutido pelo cardiologista é a necessidade de definição das políticas públicas que tenham como objetivo promover uma saúde melhor para a população, como, por exemplo, o incentivo a um teor menor de sódio nos alimentos. “O brasileiro consome muito sal, temos vários problemas de obesidade, diabetes e hipertensão arterial em excesso. Podemos fazer políticas públicas, que defendam também teor menor de sódio nos alimentos. Precisamos de diferentes atores trabalhando num objetivo comum”, completou.  

 

Além de dr. Nivaldo e Leandro Karnal, participaram da roda de conversa o diretor do Instituto SAB, Dr. João Coelho Aidar, o gestor das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), Márcio Didier, além do diretor do Centro Social da Fundação Dom Cabral (FDC), Sérgio Araújo Rabelo, e o orientador da FDC, Márcio Rabelo. 

 

A realização do evento foi do Instituto SAB, uma organização sem fins lucrativos que destina recursos próprios para a elaboração de projetos na área de promoção da saúde no Estado de São Paulo. 

 

 ABM
Rua Baependi, 162
Ondina, Salvador - Bahia
CEP: 40170-070
Tel.: 71 2107-9666
2019 - 2022. Associação Bahiana de Medicina. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital